sábado, 30 de junho de 2012

Quem inclui Quem?

video

Este breve comercial nos ajuda a refletir sobre o que é inclusão, um simples gesto desta menina que realmente no mundo em que estamos vivendo é especilal.
Especial porque consegue ver o outro e vai além: olha, sente e age como gostaria que agissem com ela. É apenas um comercial mas que pode nos inspirar como educadores.
 Sei que não é facil para um professor comprometido com a educação  devido a todas as dificuldades que  enfrenta na sala de aula e muitas vezes solitário em sua tarefa, mas pequenos gestos como importar-se com o outro, de forma simples e afetiva demanda apenas o desenvolvimento de um sentimento chamado amor; sentimento que esta na capacidade do ser humano. 

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Minha Vovó


As avós estão cada vez mais presentes na vida dos netos, de tal forma, que muitos colaboram na educação das crianças. Nós da educação infantil não podemos desconsiderar este importante familiar, mas sim trabalharmos a sua valorização no ambiente familiar.

Borboletas, borboletas parem aqui no meu jardim e depois na linda flor


Família, bolo, cheirinho de lar

 
A educação escolar somente terá resultados quando conseguirmos trazer para o espaço da escola a família, pois desta forma ambas terão uma compreenção do objetivo da escola e a mesma um maior conhecimento da família dos educandos. Aproveitamos o projeto sobre a família para envolver as queridas avós, tão admiradas pelas crianças e juntos fizemos bolo e juntos aprendemos como nos alimentar melhor aproveitando os alimentos que temos em casa, sem disperdiçar nada.


Foi muito bom e no final  uma das avós contou uma histórias para as crianças que escutaram atentas.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Um barquinho de Papel

Pinto um barco a vela Brando navegando É tanto céu e mar Num beijo azul..

Uma simples folha de papel, dobra aqui, dobra ali e em um instante um lindo barquinho de papel, levando a imaginação das crianças a navegar pelos mares da vida. 
Minhas crianças bincando em uma saudosa tarde de calor.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Brincar, aprender e reciclar

Estamos trabalhando em um Projeto sobre A família, envolvendo a valorização da sua origem, das suas raízes, do valor que tem uma família para a nossa sociedade. Sendo assim estou montando alguns brinquedos com materiais reciclaveis que fazem parte do dia a dia de um lar. Como no exemplo a cozinha, para que as crianças possam brincar,  contruir novos conhecimentos e ao mesmo tempo trabalhar suas emoções  referentes ao lar.
Ensinar não é transferiri conhecimento, mas criar novas possibilidades para a sua produção ou a sua construção. O professor que pensa certo deixa transparecer aos educandos que uma das bonitezas de nossa maneira de estar no mundo e com o mundo, como seres históricos, é a capacidade de intervindo no mundo, conhecer o mundo. ( Paulo Freire, Pedagogia da Autonomia)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Para educar é preciso

O que faz um educador é o amor pelas crianças; e o amor pelas crianças que teimam em viver mesmo naqueles que já creceram. O amor é esperto: ele sempre acha um jeito de chegar até o lugar onde mora o objeto amado. (...) É assim que acontece com os verdadeiros educadores: eles descobrem um jeito de chegar até as crianças. ( Rubem Alves, Conversas sobre educação)
Brincadeiras, faz de conta, cantigas de roda, histórias, carrinhos e bonecas, envolvidos num espaço de alegria e de afeto, é um caminho para se trilhar junto da criança, onde a aprendizagem e o desenvolvimento intelectual e afetivo caminharão de mãos dadas. Não conheço outra forma de educar que não seja pelo amor a infância, a criança.