quinta-feira, 28 de março de 2013

A Páscoa e a Educação Infantil

video
                                                                A Parábola do Semeador

Nós da educação nos vemos muitas vezes as voltas com determinadas datas para serem trabalhadas com os pequenos, e uma delas é a Páscoa, pela apologia ao coelho, Temos em nossas mãos uma importante tarefa auxiliar no processo de desenvolvimento das crianças um pensamento mais ético e moral, onde as relações tenham mais valor que as coisa, pois. vivemos na atualidade um enorme apelo ao consumismo que termina por envolver a todos..
Podemos trabalhar esta data com os pequenos, conservando a alegria da data, porém lhes trazendo o real significado que é a Vida de Jesus, sua caminhada, sua maneira de ser, a sua história..
Trabalhei com as minhas crianças a Parábola do Semeador, criando um espaço agradável, fazendo uso de sementes, de uma gaita de boca e de Jesus, um boneco feito de pano para contar a Parábola e também o video que esta acima.. Trabalhamos com tinta, com sementes, recortes, colagem, dobradura, envolvendo  as famílias com  tarefas para que as crianças fizessem em casa com seus familiares. Fiquei contente ao perceber que as crianças compreenderam que Jesus é o grande semeador, que a principal semente é o Amor e que a vida continua após a morte. Elas aprenderam,  se divertiram, brincaram,  e nesta quarta a diretora Vilma trouxe um video A História da Páscoa e logo após ofereceu um gostoso lanche para todos e para encerrar não deixamos de presentea-los com doces, para comemorarmos o Amor de Cristo por todos nós. E o Coelho da Páscoa? Não fez falta.


sexta-feira, 1 de março de 2013

A Ludicidade como Ciência



É necessário que os profissionais da educação reconheçam  o real significado do lúdico para aplicá-lo adequadamente, estabelecendo a relação entre o brincar e o aprender, Pois a criança se apropria de maneira mais prazerosa dos conhecimentos, ajudando na construção de novas descobertas, desenvolvendo e enriquecendo sua personalidade e, ao mesmo tempo, permitindo ao professor avaliar o crescimento gradativo do aluno, numa dimensão que vai além das tradicionais provas classificatórias.
Para que o jogo possa desempenhar a função educativa é necessário que seja pensado e planejado dentro de uma proposta pedagógica. ( A Ludicidade como Ciência, Santa Marli Pires  dos Santos)