sexta-feira, 14 de junho de 2013

Chegamos, é a Festa de São João!

                                                    Chegamos, O jeito é casar.
                                                       Olha a organização.
                                                     Os noivos vão chegando.
                                                    É amigos o Jeito é casar. Coragem

Vamos Brincar, é Festa de São João!

                                               A Kombi já esta Prontinha
                                                    Esperando as Noivas
                                                    Brincando enquanto esperamos.
                                                   Pronto! todas já chegaram, parecem fadinhas!
                                                   Vamos embora?
                                                    Uma passadinha na Rádio Mais Nova

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Respeito a Vida

video

SIM a VIDA, NÃO ao ABORTO

                                                     Minha amada  filha Amanda
                                                     Meu amado filho Élder

Ao ler  sobre a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados onde se aprovou o Projeto que dá direito a vida do feto que foi gerado por violência sexual, quero aqui parabenizar aqueles que votaram a favor, pois como espírita, mãe, educadora e acima de tudo mulher, sei que a vida humana tem inicio no momento da concepção e deve sempre ser preservada, ninguém tem o direito de de tirar a vida de alguém em qualquer fase da vida, somente Deus. E jamais um crime mesmo que apoiado pela Lei dos homens, o aborto, irá amenizar a violência sofrida pela mulher, pelo contrário a dor será maior. Este projeto visa dar apoio as mulheres corajosas que apesar da violência querem ter seus filhos, pois sabem que a criança, que ali esta, viva, não tem culpa da brutalidade de outra pessoa e merece viver.
O Espírito Joana de Angelis  através da mediunidade de Divaldo  orienta que seja dado amparo psicológico para estas mulheres e que caso elas não consigam criar este filho, coloque-o para adoção, mas jamais querer reparar um crime hediondo com outro mais hediondo ainda.
A Doutrina Espírita orienta a necessidade do aborto somente quando a mulher corre risco de vida diagnosticada pelo médico.
Esperamos que esta Lei seja aprovada amparando a todas a mulheres para que possam ter seus filhos, pois uma criança sempre é motivo de felicidade e eu que passo as minhas tardes junto destes seres maravilhosos que é a criança, vou sempre falar em favor da vida, da educação ética e moral desde o ventre materno, para que um dia a maldade possa ser extinta de nosso planeta e as pessoas pensem apenas no bem do outro e não do que se pode lucrar com a dor do outro.




sábado, 1 de junho de 2013

Poesia na Educação Infantil


Na roda de conversa também falamos sobre poesias, e tem uma em especial que as crianças gostam muito de recitar: A Lua foi ao cinema, é a história de uma estrela que não tinha namorado.
Aproveitamos deste momento para conversar sobre a poesia, nossos sonhos, o que gostamos ou nos deixa tristes, falamos sobre o Pequeno Príncipe e depois as crianças fizeram um trabalho de recorte, pintura e colagem para representar a poesias da Lua que era" tão pequena que a sua luz cabia em uma janela".

Nestes desenhos trabalhamos uma técnica onde o papel é primeiramente amassado e depois pintado com giz de cera, as crianças gostaram da atividade e o resultado ficou muito bom.. O desenho foi feito após a brincadeira: Qual é o meu trabalho?  através do seguinte jogo: uma criança joga a bola e diz o nome de uma profissão, a criança que pega a bola fala o que o profissional faz, caso não saiba os colegas podem ajudar. Depois eles falaram sobre as profissões de seus pais. Aproveitamos o momento para conversar sobre a importância de todas as profissões e o respeito a escolha de cada um, lembrando do Exupéry que quando criança queria ser desenhista, mas que desistiu para ser piloto de avião, porque os adultos achavam seus desenhos muito engraçados ou não compreendiam o que ele fazia.
No livro Pedagogia da Autonomia, Freire conta do quanto foi importante na sua adolescência o olhar de aprovação do seu professor a respeito de uma redação que ele havia feito, a diferença que este simples gesto teve  em sua vida. Apenas  um olhar, imaginemos a força que tem as nossas palavras para as crianças, pois vem envolvidas pelos nossos sentimentos. Precisamos estar mais atentos as nossas palavras, para que ela possam apenas movimentar sonhos, alegria e amor na vidas de nossos pequenos.